O que significam os sonhos?

O dicionário de sonhos sonharsonhos.com fornecerá um caminho para a sua mente inconsciente – cada sonho que temos tem um significado e este site irá ajudá-lo a entender o que isso significa para a sua vida. A pergunta que todos nós nos perguntamos quando acordamos é o que sonhar significar? Este dicionário de sonhos A-Z ajudará a atendê-lo com conhecimentos secretos internos para que você possa tomar melhores decisões na vida. A resposta à pergunta: o que significam os sonhos é respondida por nossa extensa pesquisa em dicionários de sonhos. Reunimos mais de 13.000 significados de sonhos diferentes ao longo de dez anos. Esta tem sido uma tarefa bastante demorada, mas de satisfação. Os resultados estão aqui, neste site acima, você pode pesquisar usando nossa chave acima, para que possa realmente interpretar seu próprio sonho com nosso extenso dicionário de sonhos. Como um crente espiritual , sinto que durante nossos sonhos, experimentamos caminhos de outros mundos nas horas escuras da noite. O psicanalista austríaco Sigmund Freud (1858-1939) abriu a porta para o estudo científico dos significados dos sonhos em seu livro, A Interpretação dos Sonhos, publicado em 1900. Antes disso, as pessoas se reuniam alegremente e contavam os sonhos umas das outras, tentando entender isso de uma perspectiva de dicionário de sonhos. Freud provocou indignação geral junto com sua teoria questionável de que os sonhos são simplesmente a realização de um desejo, em vez de previsões de vida. Ele argumentou neste livro que os sonhos são baseados em nosso estado mental de vigília. O significado do sonho pode ser afetado por qualquer coisa a partir de argumentos. Freud pensava que a mente humana consiste em muitos fatores. Ele acreditava na mente primitiva ou inconsciente, incluindo o ego, a mente consciente que ajusta os instintos anti-sociais tendo um mecanismo de autodefesa, e também o superego, a consciência que conseqüentemente supervisiona e modifica o ego. Com base em Freud, o id é controlado por meio do princípio do prazer (a necessidade de satisfazer suas necessidades) e também o instinto que o ego considera mais difícil de controlar pode ser o impulso sexual despertado pela primeira vez na infância. O id envolve proeminência nos sonhos, se isso expressa em linguagem simbólica os impulsos reprimidos quando estamos acordados. Símbolos são utilizados; se esses impulsos fossem expressos literalmente, o ego poderia ser levado ao choque e sair da cama. Para interpretar efetivamente uma aspiração, os símbolos devem ser descobertos, assim como seu verdadeiro significado, descoberto. A maneira pela qual Freud recomendou fazer isso seria uma técnica conhecida como ~associação livre~ ou indicar automaticamente as reações que vêm imediatamente à mente quando certas palavras relevantes para o sonho se encaixam. O objetivo seria limitar a interferência no ego para descobrir os instintos inconscientes do sonhador. Surpreendentemente, não é biologicamente necessário dormirmos à noite, ou mesmo que os humanos durmam. Mesmo as pessoas que sofrem de insônia conseguem dormir pelo menos duas horas por noite. Quando você cai em um sono profundo, que é o ponto em que sonhos vívidos são experimentados, é difícil acordar essa pessoa e, em essência, ela não responde. É interessante notar que, embora hoje estejamos geralmente seguros quando dormimos, houve um tempo em que nós e outros animais corremos risco de predadores quando dormimos. Vejamos agora algumas das teorias científicas interessantes sobre o sono – começando com as partes do corpo. Então, o que acontece quando dormimos em termos de nosso corpo e como isso reage? Mencionei o fato de que nosso corpo não precisa realmente de sono para funcionar – no entanto, se não dormirmos, podemos morrer. Todas as noites nos movemos a cada poucos minutos para evitar que nosso corpo fique rígido. @ Isso vai contra o fato de que precisamos dormir para que nosso corpo funcione. A maioria das partes do nosso corpo, por exemplo, o coração e também o cérebro, não precisa de descanso. A ciência mostra que nosso cérebro fica tão errático durante o sono que é como se estivesse separado do corpo. Revisaremos a teoria em torno do mundo oculto e dos sonhos mais tarde, mas por enquanto é interessante notar por que dormimos. O problema com os experimentos científicos da atividade cerebral é que eles ainda são muito novos, portanto, estamos em uma posição em que é difícil entender e tirar conclusões. Um professor da Universidade de Edinghburgh também foi forçado a chegar à conclusão de que o sono causa uma insanidade temporária. @ O outro estranho padrão de sonhos que experimentei é na verdade a sensação de que os próprios sonhos são realidade. Neste site exploraremos sonhos e seus significados. Tenho uma área para você postar seus sonhos e permitir que eu responda suas dúvidas. Nossos sonhos são um somatório do que experimentamos na vida diária e do potencial do que poderíamos nos tornar em nossas vidas, seria verdade dizer que raramente nos lembramos de nossos sonhos e muitas vezes somos expressos em tais símbolos e simplesmente descartamos o que temos aprendeu durante a noite e vê-los como fantasias. Nossas emoções às vezes são comprimidas nas horas de sono, o que, por sua vez, produz a sensação de estar indo para uma terra estranha, mais ou menos como um supercomputador de nossos cérebros. Isso é bastante interessante porque ele sente que nossos sonhos são todos sobre a abertura do mundo espiritual e estão focados em entregar mensagens de outra existência? Então, por que estou me preocupando em olhar a história por trás dos sonhos? @ Basicamente cheguei à conclusão de que as pessoas dos anos 1800 sonham mais que hoje, era considerado um passatempo tentar entender o que cada sonho significa, portanto, é importante olhar para a história por trás do que dizem os teóricos. Além disso, também podemos ler uma série de relatos de dicionário de sonhos em diários antigos, que podem fornecer uma pista para ver se algum desses sonhos realmente significava alguma coisa, agora que essas pessoas realmente morreram e temos, até certo ponto, um relato de suas vidas . Em todo o dicionário de sonhos, você encontrará exemplos de vários laticínios muito antigos e tentei interpretar os sonhos de acordo. Tipos de sonhos … @ ## Sonhos grandes e pequenos sonhos – Carl Jung … @ Um livro de um homem famoso chamado Jung mostra que os sonhos podem ser segmentados em duas categorias: sonhos grandes e sonhos pequenos. Se você praticar a lembrança desses sonhos, conforme descrito em nossa seção de meditação, poderemos ver rapidamente o significado de ambos os sonhos. Outra maneira de definir o que nossos sonhos podem significar é separá-los em sonhos bons e maus – simples, certo? Com esse conhecimento é possível que você realmente mude o sonho que se chama técnica RISC e que foi o primeiro reconhecido nos EUA como uma ferramenta de terapia. Os passos para você começar a realmente mudar: ## 1. Identifique enquanto você está sonhando que um sonho ruim está acontecendo. 2. Pense sobre a sensação que você está tendo enquanto sonha. 3. Mude o sonho de negativo para positivo. Às vezes, isso pode exigir que você acorde completamente do sono para fazer isso. Esta técnica pode levar algum tempo para ser dominada, mas pode ser facilmente executada. Freqüentemente, com base em teorias, mudamos nossa atitude a cada seis a oito semanas, então nossa constituição psicológica muda neste momento. É importante entender como isso realmente afeta nossos sonhos daqui para frente. Durante esse período, nossa mente lida melhor com quaisquer problemas ou questões. ##